É Rodeio

Nasce uma lenda do rodeio brasileiro

26/11/2012

Neste domingo durante a final do Brahma Super Bull, maior campeonato de montaria em touros, promovida pela PBR (Professional Bull Riders) Brasil, a vitória de Edevaldo Ferreira, de Adamantina (SP), escreveu uma nova história no esporte que mais cresce no país a cada ano. Pela primeira vez um competidor é bicampeão nacional.

O atleta conseguiu a vitória depois de encarar o touro Atraente, da Cia W. Perez, e fazer 89,75 pontos. “Estou muito feliz por ter conseguido esse feito e mantido o título de campeão brasileiro. Agradeço muito a Deus pela oportunidade, à minha família e aos meus companheiros competidores. Muito para chegar até aqui e espero conseguir mais títulos”, disse o campeão, muito emocionado, logo depois de ser ovacionado na arena.

Com a vitória do Brahma Super Bull PBR, Edevaldo conquistou o direito de participar do campeonato nos Estados Unidos, onde o vencedor ganha US$ 1 milhão. “Vou arriscar a primeira temporada lá fora, mas volto para competir no Brasil. Sinto que meu lugar é aqui”, disse, e ainda homenageou os companheiros Silvano Alves, bicampeão mundial, e Guilherme Marchi, campeão mundial em 2010: “Queria ser metade do que esses dois atletas são”.

O competidor afirma que o sucesso de 2012 vem de muita garra e treinamentos realizados diariamente. “Este é um esporte que exige muita preparação e técnica, já que é muito imprevisível. Treino até nos dias em que estou de folga. A sorte também conta: é preciso pegar sempre um bom touro”, explicou.

A disputa

O Parque de Eventos CCA estava lotado para ver de perto quem iria erguer o troféu de o melhor atleta de montaria em touros do país. O terceiro round prometia ainda mais emoção do que o realizado no sábado à noite. Desta vez, a expectativa era de que Eduardo Aparecido, de Gouvelândia (GO), ou Magno Alves, de Santana do Araguaia (PA), conseguissem superar a matemática e vencer Edevaldo.

Mesmo lesionado, Magno Alves arriscou sua última montaria em busca dos pontos necessários para encostar no campeão, contra o touro Paiquerê, da Cia Wilsinho Salaroli. O atleta fez uma boa saída, mas encontrou dificuldades para se manter sobre o touro e acabou não pontuando.

Eduardo Aparecido então tinha as chances na mão ao encarar o touro Bola 8, da Cia Léo Penápolis. O atleta conseguiu fazer o dever de casa e chegou aos 90,50 pontos. Mesmo com a boa marca, o competidor precisava contar com a sorte de Edevaldo não pontuar. Porém, o campeão nacional não deixou a chance escapar e venceu o touro Atraente, da Cia W. Perez, conquistando o título de campeão, antes mesmo da grande final.

A final

Mesmo já com o título de bicampeão nacional garantido no quarto round, Edevaldo Ferreira tinha a chance de pontuar na grande final da etapa de Americana, onde os oito melhores colocados disputavam o prêmio de R$ 150 mil. A melhor nota ficou para o Mineiro Marcos Fernando, de Patrocínio (MG), com 93,00 depois de vencer o touro Baleado, da Cia Paulo Emílio.

Mas o título da última etapa da temporada ficou para o bicampeão mundial Silvano Alves, que chegou à vitória depois de vencer o touro Carro Chefe, da Cia Peninha, chegando aos 91,75 pontos. Desta forma, ele conseguiu a liderança da final e faturou o prêmio da noite.

Mais uma vez, Americana registrou outro feito histórico: Silvano Alves, atual bicampeão mundial, desfilou ao lado de Edevaldo Ferreira, bicampeão nacional. O público aplaudiu de pé e comemorou o feito desses dois heróis.

“Americana pode acompanhar dois grandes nomes do esporte de montaria comemorando o título da etapa e da temporada juntos. Silvano Alves e Edevaldo Ferreira fizeram história em 2011 e 2012, um por vencer duas vezes o mundial dos Estados Unidos, e outro o Campeonato Brasileiro. A próxima temporada terá ainda mais momentos como esse, tenho certeza”, comemorou Flávio Junqueira, presidente da PBR Brasil.

Copenhagen Piramidy Iha FM Os Vaqueiros Radade
REVISTA É RODEIO ®
A REVISTA DO RODEIO BRASILEIRO
44 3056-1015